À semelhança dos anos anteriores durante a quinta edição do SAL que decorreu em Novembro de 2016, durante quatro dias respiramos o ar do mar e da água salgada no pleno coração de Lisboa.

Uma vez mais, contamos com algumas das melhores produções nacionais e internacionais, entre elas a estreia de Red Chargers, o filme produzido pela Mercedes-AMG e que retrata a temporada das grandes ondas da Nazaré e dos heróis que as desafiam, numa noite que lotou por completo as salas do Cinema São Jorge. 

Para além de cinema, teve lugar o lançamento do segundo volume do livro Fly Black Bird - More than a Surfboard, um projecto artístico multi-facetado, apresentado pelo autor, o designer/surfista Pedro Falcão, tendo estado ainda patente o seu trabalho enquanto designer de pranchas.

O evento contou ainda com uma forte componente artística, através dos trabalhos de Zé Pedro Alvarez e Hélder Costley-White, fotógrafos, Hugo Lucas, que apresentou os seus trabalhos de pranchas de skate pintadas à mão, e ainda Filippo Fiumani, artista italiano que pintou ao vivo uma prancha de longboard

No âmbito deste projecto, estiveram ainda patentes pranchas de surf exclusivamente criadas para o efeito pela Ocean Pleasures, em que o mote é dado pela sardinha original EGEAC /Festas de Lisboa, que se pôde ver representada nessas mesmas pranchas, bem como uma prancha de madeira tradicional havaiana -alaia- e handplanes, obra da Ahua.

Na grande gala de Sábado à noite foi apresentado o Mercedes-AMG Red Chargers, em que foram entregues os prémios Red Chargers aos surfistas que mais se destacaram na temporada de 2015 nas ondas da Praia do Norte, na Nazaré.

A cerimónia contou com a exibição do muito aguardado filme Red Chargers, a que se seguiu a cerimónia, com a presença, entre outros, de Garrett McNamara ou do português Hugo Vau, e de muitas outras grandes figuras do surf nacional e internacional.

No fim de tarde de domingo, teve lugar no foyer do Cinema uma aula de ioga para surfistas, apresentada por Filipa Veiga, e que contou com largas dezenas de participantes.

 

O SAL 2016 contou com a presença de 22 curtas metragens e 14 longas metragens, sendo que se pode destacar a estreia mundial de Road to Red, um muito aguardado filme de Tito da Costa, produzido em Hollywood, e que, numa sala cheia, revelou um outro lado do cinema de surf, menos conhecido.

De igual modo, o SAL contou com a presença de Matt Bromley, um surfista de ondas grandes sul-africano, que apresentou o filme do qual é protagonista, Risky Business.

O surfista português João Kopke esteve igualmente no palco do São Jorge para apresentar dois pequenos filmes, que representam o trabalho que vai já acontecendo no panorama nacional.

A sessão de encerramento foi o momento alto da noite de domingo, 20 de Novembro, com a apresentação de uma grande produção norte-americana, de George Trimm, Forbidden Trim, e onde foram anunciados os grandes vencedores da edição 2016 do SAL, que são os seguintes: 

Melhor Longa Metragem: Lets be Frank, de Peter Hamblin / Red Bull MediaHouse; Reino Unido

Menções Honrosas: Dirty Old Wedge, de Tim Burnham; EUA e Península Mitre, de Gauchos del Mar; Argentina

Melhor Curta Metragem: The Man and the Sea, de Andrew Kaineder; Austrália

Menções Honrosas: No Regrets, de Jason Hearn; África do Sul e Intimasea, de Morgan Maassen; EUA

Melhor Fotografia: South to Sian, de Dustin Humphrey / Deus Ex Machina; Austrália

Menção Honrosa: Lunar, de Luca Merli / Onde Nostre; Itália

Prémio Sustentabilidade: A Pedra e o Farol, de Luciano Burin; Brasil

Menção Honrosa: The More Things Change, de Nathan Myers / Patagonia; EUA

Prémio Melhor Produção Nacional: Adrift, de Tobias Ilsanker; Portugal


 
 

Trailers SAL 2016

 

View From A Blue Moon

Vejam o surf como nunca antes foi captado, no segundo filme de John Florence e Blake Vincent Kueny. O primeiro filme de surf integralmente filmado em 4K, View From a Blue Moon segue John Florence, recentemente coroado campeão do mundo, pelos seus destinos preferidos à volta do mundo. 

A Pedra e o Farol

A Pedra e o Farol fala da íntima relação entre o Farol de Santa Marta e a Pedra do Campo Bom, e o seu decisivo papel histórico e cultural no desenvolvimento da região costeira de Laguna e Jaguaruna (Sul do Brasil), que reúnem paisagens de beleza singular, bem como uma das ondas mais poderosas do Brasil, que rebenta a 5km da costa. 

South to Sian

A Deus Ex Machina e o realizador Dustin Humphrey apresentam South to Sian. Harrison Roach e Zye Norris viajam milhares de quilómetros através do arquipélago indonésio para descobrir a vida para além das fronteiras. 

Red Chargers

 A estreia absoluta estreia deste impressionante filme no SAL2016, Red Chargers, apresentado por Mercedes-AMG, que nos fala sobre superação, coragem, beleza, a força bruta da Natureza e tudo o resto que envolve as ondas da Nazaré e os autênticos heróis que arriscam tudo para as surfar. 

Uma história que fala não só desses homens e mulheres, mas também daqueles que os amam e os apoiam, da comunidade que os recebe de braços abertos, e sobretudo das ondas insanas que são surfadas. 

"Se deixares que o medo tome conta de ti, então nunca conseguirás fazer nada." 

Esta é uma frase que define o espírito de quem desafia as montanhas de água da Nazaré, uma terra que sempre temeu a violência do mar, e que agora se fez famosa por isso mesmo. 

The Women and the Waves 2

Só temos o momento presente. Como é que o vais viver? The Women and the Waves 2 é um filme de surf documentário que celebra as mulheres e a sua abordagem única ao surf e à vida.